Blixtrombil Malifluous

logo do blog

Dentes bebé e as noites mal dormidas

Hoje venho desabafar um bocadinho o que tem sido as últimas noites cá em casa. Os dentes do meu bebé estão a nascer e se eu pensava que o meu corpo já estaria habituado à privação do sono, enganei-me.

O cansaço tem sido tanto, que até já doí-me o corpo. Sim, tenho dores pelo corpo, doí-me a levantar da cama, doem-me as costas, doem-me as pernas.

Doí só de pensar que depois de cada noite destas tenho um longo dia de trabalho pela frente e que tenho que ir para a empresa.

As últimas noites têm sido muito desafiantes, e eu ando a ficar maluca por não dormir. O nosso bebé acabou de completar um ano e em vez de começar a dormir melhor, parece que cada vez dorme pior.

Há muitas noites que é um filme para dormir de noite. O meu bebé não quer estar na sua cama, não quer estar na minha cama, só quer dormir ao colo se eu ou o pai estivermos em pé.

Nas últimas 2 noites tive mesmo que recorrer à medicação, não fosse o pequeno estar com alguma dor.

Ele ainda não tem nenhum dente e a pediatra já nos tinha alertado que quando começassem a nascer os dentinhos, que poderiam vir todos ao mesmo tempo.

Mas mesmo com o supositório, não conseguimos fazer com que ele dormisse e descansasse. Tem passado horas e horas a chorar e nos sem sabermos o que fazer para o fazer adormecer. 

dentes bebé a nascer

Será que são os dentes do bebé a nascer?

Será mesmo que vem aí dentes? Ainda hoje tentei ver se haveria alguma coisa a romper e não há sinal de dentes.

O sentimento que vive cá em casa é o “mais uma noite em branco sem dormir e mais um dia de trabalho pela frente”.

Como é irá ser a próxima noite? “Pior que esta não pode ser” pensamos…, mas depois acabamos por estar enganados, pois o nível de intensidade de noite para noite parece que vai piorando sabem? Tipo vulcão!

Acho que vamos ter que começar a fazer turnos cá em casa. Dividir a noite com o meu marido na esperança de pelo menos conseguir dormir umas 3 horinhas de seguida.

Isso seria perfeito se o nosso bebé quisesse o biberão à noite.

Mas para juntar a esta loucura toda ele à noite só sossega com maminha, basta tentar pôr o biberão na sua boquinha que o nível de gritaria aumenta.

Não dá! Já tentamos de várias maneiras, a várias horas da noite e o miúdo tem um feitio mesmo difícil.

Já ouvi falar da regressão do sono que se dá por volta de um ano. Mas será? Quantas regressões é que nos falta passar?

Pensava eu que já estávamos despachados deste assunto desde a “regressão” dos 8 meses.

 Ou melhor, da tal fase da ansiedade de separação que esteve presente nas nossas noites durante umas boas semanas ainda.

Nos próximos dias, vou conseguir olhar para o primeiro dentes do meu bebé

Ando para aqui a tentar achar uma causa para tudo e para nada, e no final não há nenhuma conclusão que consiga chegar.

Se és mãe ou pai e se estás a ler isto, porque também partilhas do mesmo problema, quero que saibas que não estás sozinho e que seguimos juntos nesta luta.

Não te consigo tranquilizar, pois não é nada que consiga fazer até comigo mesma.

Talvez daqui a uma semanas já tenha a resposta se estas noites tão desagradáveis tenham sido mesmo causadas pelo nascimento dos dentes.

E se é agora que eles vão começar a nascer como cogumelos com a pediatra disse que poderia acontecer. Com quase 13 meses já está bem na altura para os ditos começarem a sair cá para fora

Até lá… Muita paciência!