Blixtrombil Malifluous

logo do blog
barriga de mulher grávida contente por poupar na maternidade

8 formas de poupar na Maternidade

Ter um bebé é uma das melhores sensações do mundo, mas que implica uma mudança radical da vida de uma família. Existem um conjunto de tarefas que são necessárias fazer, desde a decoração do quarto, à compra de todo o enxoval do nosso bebé. 

Se vais ser mãe de primeira viagem, de certeza que está com muitas dúvidas. Qual será a primeira roupinha do bebé? O que comprar? Quantas roupinhas e acessórios devo ter? O que levar para o hospital? Como poupar na maternidade? 

Quando se está à espera do primeiro filho é normal cair em erros e até comprar coisas que não vais precisar ou comprar artigos numa quantidade absurda. 

Na verdade, os pais estão cheios de entusiasmo e é muito fácil se perderem nas peças fofinhas cheias de ursinhos e raposinhas que vão encontrar nas lojas.

Falando por experiência própria, poupar dinheiro com um bebé deveria ser um tema a ter bastante em conta, uma vez que tudo o que implica maternidade é muito caro. 

Existe um mundo gigante de marcas e de marketing que estão prontas pata te levar à loucura, e esvaziar o orçamento que tinhas estipulado para o enxoval do teu bebé.

Neste artigo vou falar de 8 formas de como podes poupar na maternidade e sobre aqueles artigos que não precisas de comprar. Lembra-te que acima de tudo, o importante é que o teu bebé esteja confortável e seguro com as tuas escolhas.

Determina um orçamento a gastar no enxoval do teu bebé

Determinar um orçamento para o enxoval da tua cria, irá ajudar a poupar na maternidade e não passar aquela margem que não podes passar. Faz uma tabela no Excel com o valor que pretendes gastar no mobiliário, nas roupinhas, nos produtos de higiene e em outros indispensáveis. É importante que te autodisciplines e que sejas rígida para que não passes o valor estabelecido.

Não compres grandes quantidades de fraldas apenas de uma marca

Todos nós sabemos que grande parte do dinheiro que se gasta com bebé vai diretamente para o consumo de fraldas. Para poupares na maternidade com este ponto, tens 2 escolhas: ou optas por fraldas reutilizáveis (as de pano) e és uma mãe bastante poupadinha, ou tens que ter muita atenção às marcas e aos tamanhos de fraldas que escolhes para comprar.

Todos os bebés têm sensibilidades e peles diferentes. Se a pele do teu filho não se adaptar à marca que escolheste, vais ver muito dinheiro investido a não ser aproveitado. Quando falo neste assunto, falo até das marcas xpto, as melhores marcas do mercado. Afinal quem vai ditar as regras é a pele do teu filhote, é ele que manda.

Por isso, para não teres surpresas com possíveis alergias que possam surgir, não optes apenas por uma marca de fraldas especifica e nem compres muitas embalagens. Outra coisa a teres atenção é o tamanho que compras. Sugiro que compres apenas 3 pacotes de fraldas tamanho 2, e depois vás comprando consoante as tuas necessidades para não correres o risco de comprares um conjunto de embalagens de fraldas que depois acabam pode deixar de servir com o crescimento do teu filhote.

A compra de outros produtos de higiene também é valida para este conselho. Só de marcas de pomadas para assaduras de rabinho devemos ter comprado e experimentado umas 3 ou 4 marcas, e foi difícil encontrar a marca ideal que cumprisse o seu propósito na pela do nosso filho. Opta por não usar toalhitas nos primeiros meses de vida devido às assaduras do rabinho, e relativamente a produtos para o banho e hidratação procura comprar produtos com poucos ml, pois não sabes se terás que investir numa gama para pele atópica.

Poupa ao comprar artigos de bebé em segunda mão

Se quiseres poupar muitos euros, uma estratégia a seguir é comprares alguns artigos em segunda mão. Os artigos de bebé têm um tempo de uso limitado, pois eles crescem muito rápido, e o berço que custou 500€ passado um ano e meio deixa de servir e terás que comprar outra caminha.

Existem plataformas de venda de artigos em segunda mão onde poderás encontrar coisas em ótimo estado. Relativamente a mobiliário, podes procurar produtos no olx e podes optar por uma decoração minimalista e fofa, com tons neutros. Ao escolheres móveis de cores neutras irás ter uma maior flexibilidade na hora que tiveres de adaptar o quarto ao crescimento do pequeno.

Sobre as roupinhas e outros têxteis, podes utilizar a aplicação da Vinted. Lá vais encontrar um mundo de coisas fofas, algumas delas praticamente novas a preços muito, mas muito reduzidos. 

Na altura em que tínhamos o nosso bebé no forninho, mandei vir babygrows para recém-nascido praticamente novos por apenas 1€.

Há outros produtos que compensam imenso comprar em segunda mão, como exemplo os sacos de dormir para bebés, e bodies roupa interior.

A grande dica é fazeres a pesquisa das peças que queres comprar a francês, pois os franceses vendem tudo ao desbarato e não são tão apegados ao preço de custo dos artigos como nós portugueses.

Não te esqueças de comparar preços para tudo

Através da plataforma o Kuanto Kusta e a Bebitus, poderás comprar preços dos produtos que vais precisar de adquirir. Na Amazon poderás encontrar também grandes achados a preços muito simpáticos.

No início não recomendo a comprares em grande quantidade, pois ainda não sabes como é que o teu filho vai reagir a certo produto, mas no futuro, quando tiveres a certeza do que comprar e saberes que o teu bebé se dá bem com determinada marca, outra forma de poupares é comprares em quantidade e a Amazon é uma boa loja online para isso.

Não tenhas medo de pedir emprestado

Se tens amigos ou familiares que tem filhos com idades próximas, poderás poupar na maternidade se pedires para que te guardem as roupinhas de bebé ou pedires outros artigos emprestados. Esta regra vale para tudo, desde a roupa de grávida, aos ninhos dos bebés que apenas duram 6 meses, às roupinhas, carinhos de transporte, etc.

Não compres discos de amamentação e outros produtos relacionados

Se pretendes amamentar o teu bebé, há um mundo de produtos que podes encontrar na farmácia e nos hipermercados que poderão ajudar nesta tarefa, como discos para as maminhas, mamilos de silicone, mamilos e prata, etc. Contudo, um conselho valioso que te posso dar é que compres apenas um creme para ajudar na cicatrização dos mamilos, o resto se precisares logo compras na altura, mas pela minha experiência é provável que não vás precisar de mais nada.

Soutiens de amamentação compra apenas 2 unidades

Na altura da gravidez o corpo de uma mulher muda imenso, mas após ter o seu filho há outras tantas mudanças. As costas tentem a alargar para a mulher conseguir sustentar melhor o peso da barriga, mas depois do bebé nascer, logo nas primeiras semanas, poderás notar grandes diferenças, pois o teu corpo com a amamentação tende a voltar ao “normal” mais rapidamente. Outra grande mudança é o tamanho da copa do peito na altura da subida do leite.


Partilhando a minha experiência pessoal, posso dizer que alarguei bastante de costas na gravidez, o que me levou a comprar peças com tamanhos maiores que não eram os meus tamanhos usuais. 

Após o nosso rebento nascer, as maminhas aumentaram muito sim com a subida do leite, mas com o passar dos dias fui notando que as minhas costas iam voltando ao normal o que fez com que muitos dos sutiãs que comprei ficassem largos nas costas.

Por isso, tens tempo de comprar soutiens após o nascimento do teu filho com base nas transformações que acontecem no teu corpo no decorrer do puerpério.

Tem contenção na altura de comprar roupas

As roupinhas de bebé fazem-nos perder a cabeça ainda mais se forem todas pirosas cheias de ursinhos e outros bonequinhos. Porém até aos 6 meses o teu bebé irá passar grande parte do seu tempo em casa e por isso vais estar confortável com o seu pijaminha vestido.

Assim só precisas de 1 ou 2 conjuntos de roupinhas para sair para ires ao médico ou para outros passeios em família. Relativamente aos sapatos, é o dinheiro mais mal empregue que podes ter, pois não tem utilidade nenhuma devido ao teu bebé não andar.

Todas estas formas de poupar na maternidade, podem fazer diminuir os gastos que irás ter nesta fase de vida tão prazerosa. Mais do que as coisas que lhe possas dar, o mais importante é todos os miminhos e aconchego junto aos seus pais.