Blixtrombil Malifluous

logo do blog
renda passiva

Renda passiva: O que é e como obter

Em tempos de crise e com as taxas da Euribor a subir, arranjar alternativas para conseguir segurar as despesas poderá se tornar um pesadelo para todas as famílias. À medida que a inflação vai aumentando, são cada vez mais os portugueses que recorrem a apoios do Estado e da Segurança Social para conseguirem sobreviver à crise. 

Ter um rendimento extra, poderá ser uma ajuda valiosa para fazer fase ao aumento dos preços e fazer com que muitas pessoas consigam viver com mais qualidade de vida. Com uma estratégia a trabalhar a médio a longo prazo, uma renda passiva poderá ser uma grande ajuda, para os que estão a passar dificuldades económicas, como para os que procuram acumular fundos de poupança, ou para aqueles que simplesmente pretende atingir a sua independência financeira  ou tem outros objetivos ambiciosos, como o FIRE.

O que é uma renda passiva?

A renda passiva é toda a renda proveniente de rendimentos regulares de uma fonte que não seja de um empregador ou de uma entidade paternal. Esta poderá de vir de duas fontes: da propriedade de aluguer de algo (móvel ou imóvel) em que não participa ativamente, ou de investimentos de financeiros, como exemplo, a compra de Certificados de Aforro, Dividendos de Ações, e investimento em mercados.

Ideias de como conseguires uma renda passiva

Se estiveres a pensar em criar um fluxo de rendimento extra, damos-te algumas ideias de como consegui-lo. Atenção que não existem formulas mágicas e que algumas ideias que irão ser aqui divulgadas poderão apresentar algum risco financeiro devido à volatilidade dos mercados em que se inserem.

Criar um curso

Uma estratégia muito popular para obteres um rendimento passivo é criares um curso de algo que sejas especialista e coloca-lo à venda em uma plataforma para o efeito.

Se és especialista em ferramentas de desenho, és programador ou trabalhas em marketing e não te importas de partilhar os teus conhecimento, está é uma boa forma de conseguires uma renda extra todos os meses. As plataformas mais conhecidas para venderes os teus cursos são a Udemy, SkillShare e Coursera.

Ao início poderás criar uma estratégia das primeiras 3 aulas serem gratuitas para despertares a necessidade de compra e depois cobrares pelas aulas seguintes onde irás disponibilizar informações e aulas mais detalhadas, para as pessoas que procurem saber mais.

Esta forma de renda passiva pode proporcionar um fluxo de rendimentos, porque só gravas o curso apenas uma vez que ele fica disponível para venda para ser adquirido por um número ilimitado de pessoas. Contudo, aconselhamos a produzir algo que traga realmente valor para a parte interessada, pois se queres que o teu curso seja vendido terás que ter um bom feedback pelas pessoas que já investiram no teu produto.

Arrenda um imóvel

O investimento em propriedades para alugar é uma forma eficaz de obter rendimentos passivos, ainda mais em Portugal, onde a lei da procura supera a lei da oferta. Para conseguires entrar neste tipo de negócios precisas de ter dinheiro para investir, mas garantimos que o risco para quem procurar entrar por este caminho é reduzido uma vez que há falta de casas para alugar nas grandes cidades, como Lisboa, Porto e Setúbal.

Para conseguires ter sucesso no arrendamento de imoveis, terás de ter sempre atenção aos custos / despesas que irás ter. Os riscos provenientes podem ser riscos materiais como por exemplo, teres que arranjar um cano que roto, mas geralmente existe a obrigatoriedade da existência de seguros de imoveis para estas eventualidades.

Porém não podes nunca esquecer dos impostos que terás que pagar ao estado no teu IRS proveniente desta fonte de receita.

Marketing de afiliados

Com o marketing de afiliados, os proprietários de websites, “influenciadores” das redes sociais ou bloggers podem ganhar dinheiro por alugarem um espaço das suas plataformas a terceiros para efeitos de publicidade. A Amazon é uma das formas de marketing de afiliados mais conhecidas, mas existem outras. As redes socias como o Instagram e o TikTok tornaram-se também plataformas com enorme potencial para aqueles que procuram crescer num segmento de promoção de produtos e parcerias com marcas.

O marketing de afiliação é uma boa escolha, em teoria, podes ganhar dinheiro apenas por adicionar um link no teu site ou rede social e conseguires cliques ou cliques por aquisição. Se estás a pensar entrar nesta estratégia, terás de dedicar algum tempo a criar conteúdos para atrair algum tráfego.

Podes levar algum tempo a conseguires construir um seguimento, ou a tua comunidade e terás de encontrar a fórmula certa para atrair pessoas que tenham interesse nos produtos que estás a publicitar.

Ações de dividendos

Os acionistas de empresas com ações em carteira recebem um pagamento a intervalos regulares da empresa. As empresas pagam dividendos em numerário numa base trimestral a partir dos seus lucros, e para agarrares esta forma de obter uma renda passiva, é comprares ações de empresas cotadas na bolsa. Os dividendos são pagos por ação, pelo que quantas mais ações tiveres, maior serão os lucros se a empresa que estiveres a investir apresentar uma subida na sua receita.

Existe risco em compras de ações de empresas cotadas na bolsa. As empresas que emitem um dividendo muito elevado podem não ser capazes de o sustentar. Antes de escolher a empresa que pretendes investir terás que fazer uma pesquisa exaustiva e consultar as demonstrações financeiras disponibilizadas pelas mesmas.

Os investimentos em ETF´s também pode ser uma boa alternativa. Os ETFs são fundos de investimento que detêm ativos tais como ações, mercadorias e obrigações, que são negociados em forma de ações. Assim, as ETFs são uma boa escolha porque são fáceis de compreender, altamente líquidas, baratas e têm maiores lucros devido a custos muito mais baixos do que os fundos mútuos. Contudo alertamos que o mercado da bolsa e ETFs pode ser extremamente volátil e aconselhamos prudência e conhecimento nos teus investimentos.

Cria um blogue ou canal YouTube

Gostas de viajar? Ou adoras partilhar o teu dia nas redes socias com outras pessoas? Encontra um nicho de mercado, ou um tema popular e torne-se um perito do mesmo. No início, terás de construir um conjunto de conteúdos e atrair a tua audiência, mas podes criar um fluxo de rendimentos constante ao longo do tempo, à medida o teu blog ou o teu canal de Youtube ficar conhecido pelo seu conteúdo envolvente.

Aproveita as redes sociais, o blogspot, ou até ao Youtube de forma gratuita para começares a produzir conteúdo. Quanto mais genuíno e original fores, mais interesse vais atrair por parte de seguidores e por parte das marcas que podem patrocinar o teu trabalho.

Se queres seguir por este caminho, terás de construir conteúdo constantemente, por isso leva esta forma de renda passiva como um prazer e um passa-tempo. Este mundo precisa de paixão para conseguires obter resultados.

Qual é a melhor fonte de uma renda passiva?

Para responder a esta pergunta teremos que ter em conta vários fatores. O risco, o dinheiro, ou até o tempo despendido pode condicionar o fracasso ou o sucesso para conseguir ter uma renda passiva. A dimensão total das oportunidades, o teu interesse e capacidade na área também podem influenciar bastante. Normalmente, quanto menores forem as barreiras à entrada, mais concorrido será o campo e menor será a probabilidade de sucesso.

Assim, terás de pesar na oportunidade que mais sentido faz para ti tendo em conta todos estes fatores. Teres a capacidade natural e um interesse por alguma área em específico, poderá ajudar a desenvolver aquela motivação que precisas para dares os primeiros passos e ariscares.

Como obter uma renda passiva sem investir dinheiro?

Não precisas de investir dinheiro para começares a contruir a tua fonte de renda passiva. Para começares neste caminho podes optar por estratégias gratuitas, como por exemplo, o marketing de afiliados, ou a construção de um blog ou até mesmo a venda de cursos online.

Se fores especialista em alguma área, podes desenvolver com a tua experiência e conhecimento um produto ou serviço útil para os consumidores.  

Contudo, é preciso teres em conta que terás que despender tempo e trabalho para conseguires ter alguma rentabilidade e com trabalho e vontade tudo se consegue…

 Se gostaste de ler este artigo também poderás gostas de ler:

Certificados de Aforro: como subscrever